O Projeto

A taxa de desemprego das pessoas na União Europeia que têm Deficiência Intelectual é mais do dobro da taxa da população em geral.

O EDGE tem como objetivo idealizar e testar abordagens inovadoras para fomentar a empregabilidade dos jovens com deficiência intelectual (DI), criando oportunidades para a sua inclusão no mercado de trabalho e na sociedade.

Existem três tipos de atores envolvidos: os jovens com deficiência intelectual, os empregadores e a sociedade.

Objetivos

O projeto EDGE tem como objetivo melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos jovens com deficiência intelectual, perseguindo os seguintes objetivos:

  • Criar metodologias de formação inovadoras e ad hoc para uma colocação profissional de sucesso;
  • Promover empresas pró-ativas na contratação de pessoas com desafios intelectuais;
  • Fomentar o espírito empreendedor, as competências e a diversidade de oportunidades.

(mais…)

Linhas orientadoras

(mais…)

Inovação

EDGE visa melhorar o bem-estar dos jovens com deficiência, e da sociedade em geral, com uma conotação decididamente inovadora.

(mais…)

Parceria

O EDGE é implementado por 6 países europeus

(mais…)

Destinatários

O projeto irá envolver:

  • Jovens (18 – 35 anos) com deficiência intelectual;
  • Educadores e técnicos de intervenção direta que trabalham com jovens com deficiência intelectual;
  • Mentores de Negócio formados para prestar apoio na área do empreendedorismo;
  • Empresários e gestores de recursos humanosH, para a criação de ambientes de trabalho inclusivos;

Famílias, escolas, organizações para pessoas com deficiência, autoridades locais…

 

 

Estratégias

O projeto EDGE baseia-se em três estratégias principais:

  • Abordagens centradas na preparação do grupo alvo para o emprego e consequentemente facilitar a sua colocação em mercado de trabalho;
  • Abordagens centradas nos empregadores para a empregabilidade do grupo alvo;
  • Abordagens alternativas – centradas na promoção de percursos de auto-emprego.

Powered by LibLab